top of page

Como melhorar o pasto no período das águas

Alguns passos muito simples melhoram o pasto em qualidade e quantidade, resultando em uma engorda expressiva do rebanho. Confira abaixo quais são eles, com detalhes de como executá-los.



Adube o solo


O fim das águas, entre fevereiro e março, é a época mais adequada para fazer a aplicação de adubo, já que esse processo deve ser feito uma vez por ano. A adubação nitrogenada é uma boa pedida, já que provoca aumento considerável da produção da pastagem. A quantidade ideal de adubo é a partir de 50 quilos por hectare ao ano. Em casos de pasto para criação de gado de corte, a Embrapa recomenda entre 200 kg/ha a 400/kg/ha de adubo formulado, caso essa seja a sua escolha.


Ao aplicar o adubo para manutenção, o pecuarista tem aumento na capacidade de suporte e também no desempenho animal, o que resulta em crescimento de produtividade, conforme citamos anteriormente. Se você está em dúvida sobre qual é o melhor adubo para seu pasto, comece por uma análise de solo. Com os resultados em mãos e com apoio de um zootecnista, você vai entender quais são os elementos em maior e menor intensidade, para aplicar o melhor produto de forma personalizada.


A análise de solo tem outro benefício. Além da pastagem, esse exame feito a partir da coleta de uma amostra da terra, indica quais são os melhores suplementos que você deve oferecer no cocho para uma nutrição completa, garantindo saúde de dentro para fora e ganho de peso mês a mês. Abaixo, vamos abordar mais sobre esse assunto.


Faça monitoramento das cigarrinhas e outras pragas


As pragas que mais dão dores de cabeça para os criadores de gado se proliferam com mais facilidade nas águas. Isso significa que o cuidado tem que ser redobrado. Entre elas, estão as cigarrinhas, cujos ovos eclodem com as chuvas, provocam um ataque maior e com mais impacto na pastagem, provocando a morte do capim e causando outro problema: as ervas daninhas que competem com a forrageira, luz, água e nutrientes.


Se você se deparar com as cigarrinhas, comece o combate no mesmo dia. Quanto mais tempo demorar, maior será o prejuízo.


Aplique herbicidas


A solução para combater as ervas daninhas chama-se herbicida. Entre os métodos disponíveis para controle de ervas daninhas, a aplicação do herbicida nas pastagens é o mais rápido e que demanda menos mão de obra e ainda é econômico e seguro. A aplicação é necessária para eliminar as ervas daninhas que competem com o pasto, empobrecendo-o de nutrientes, impactando toda a cadeia produtiva da pecuária, ao não oferecer o ganho de peso para o gado.

Só o pasto não basta para aumentar o peso do seu gado


Quando as primeiras chuvas caem, muitos produtores voltam a ficar aliviados. A falta de chuvas realmente é uma fase difícil para muitos criadores de gado. Ao primeiro sinal de rebrota, soltam o gado no pasto, felizes pela recuperação de peso.


Os cuidados para melhorar o pasto no período das águas começam aqui. Monitorar a altura de entrada e saída da forrageira evita que o gado coma a pastagem, antes mesmo de dar condições para a recuperação. Cada espécie tem uma altura indicada.


Porém, o pasto sozinho não faz milagre, mesmo respeitando a altura de entrada e saída. Além do pasto, o sal tem um papel importante quando se trata de rendimento de pecuária. Durante as águas, o recomendado é oferecer o sal mineral, já que o pasto oferece menos minerais nessa época. O seu sal mineral pode ser enriquecido com o que mais falta no seu solo, a partir da análise feita também para saber qual é o fertilizante mais indicado.


O sal mineral oferecido no cocho faz com que o gado ganhe peso, a partir do consumo de nutrientes e elementos necessários para a manutenção da boa saúde, evitando doenças. Outro ponto positivo de oferecer o sal mineral para gado nas águas é chegar na seca com o organismo muito bem preparado para enfrentar a época sem pasto.


FONTE: Boi Saúde

Comentarios


Posts Em Destaque
Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page